terça-feira, 2 de abril de 2013

DICAS DE VIAGEM: SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO: TODOS OS PRAZERES

Na esquina do Brasil, lá onde o vento acelera para fazer a curva, fica esse destino abençoado com tudo de bom. É uma das delícias que o litoral do Rio Grande do Norte oferece aos viajantes.
Sem receio de cometer heresias, os moradores de São Miguel do Gostoso explicam o irreverente nome do lugarejo. Afinal, o santo homem, que se saiba, não foi cozido em caldeirão e saboreado até o tutano por selvagens famintos. Tampouco era amante da boa mesa. Muito menos havia tomado gosto por alguma bela moça.

Asseguram os gostosenses que o adjetivo vem de certo Miguel - do qual ninguém tirou casquinha -, antigo morador, ainda da época em que o vilarinho nem tinha nome e contava com pouco mais que uma dezena de casas de porta e janela. Manoel era o renomado contador de histórias, só daquelas com final feliz. O que mais valia era sua gostosa gargalhada, dessas de fazer rir até as pedras, e que ele arrematava como grand finale.

O Miguel, porém, veio de outra história. Houve um morador que perdeu a graça pela vida. Andava tão desgostoso e jururu, tanto chorou pitangas, que adoeceu. Fez então a promessa de construir uma capela dedicada a arcanjo Miguel, benquisto na liturgia não apenas cristã, como também na judaica e na islâmica. Algum tempo depois, retemperado e sadio, Miguel Felix Martins cumpriu o prometido erguendo ali um gracioso templo. Faltava agora apenas batizar o arraial: Vila de São Miguel. E alguém sabia onde ficava? Ora, não é o mesmo lugar onde mora o-manoel-da-risada-gostosa? Pra facilitar virou São miguel do Gostoso.
E o lugar é mesmo bom? Pra comprovar, só indo lá deleitar-se com as gostosuras potiguaras - assim mesmo, no plural, pois são muitos os prazeres que se encontram naquelas paragens. A começar pelas iguarias elaboradas à base de peixes como arabaiana, cioba, bicuda, cavala, além de lagostas, polvos e camarões cor de caju maduro, servidos fritos ou no sumo de coco fresco.


À noite, é a vez dos caldos, pirões, canjicas e jingas, para garantir sustança no dia seguinte. E tem coisa melhor do que os tira-gostos servidos nas barraquinhas à beira-mar, enquanto se olham as belezuras da vida? Sem contar os sorvetes que refrescam até a alma, feitos de frutas da região como manga, abacaxi e mangaba. Não é de admirar que São Miguel passeie na boca dos viajantes.
Mas não pára por aí. O visitante também pode desfrutar os repentes interpretados com rimas e trovas pelos violeiros. Ou curtir as festas nas quais a fé se revela em profusão de fitas e adereços, como o Boi de Reis e o Pastoril. Outro enlevo para os olhos é a arte das labirinteiras ou das que se dedicam aos delicados trabalhos em ponto de cruz e do macramê. Há ainda entalhes em madeira, cestaria de palha de carnaúba, chapéus em sisal, cerâmica e pinturas. Nas ruas da cidade, os muros e as placas indicativas enfeitam todos os cantos com uma graça discreta.


BANQUETE DE PRAIAS: O banquete maior em São Miguel do Gostoso, contudo, é o oferecido pelas praias de areia fina como talco, água verde-esmeralda e transparente, penteadas por recifes de corais, enseadas e lagoas. Uma delas é a praia de Maceió, nome atribuído às pequenas lagoas formadas pelas águas das grandes marés que se represavam nos baixios à beira-mar e que o vento literalmente levou, dando lugar às dunas. Outra é conhecida como praia do Varame, pela quantidade de currais erguidos em madeira para cercar os peixes em um labirinto de varas. Hoje tem o nome de Enseada das Tartarugas, pois não existe mais esse tipo de pesca. 


No entanto, nenhuma história se compara à da Praia do Santo Cristo, varrida pelo vento alísio e constante, regalo aos que praticam esportes de vela. Conta-se que os navegantes portugueses passavam em largo dessa praia e, ao notar selvagens acenando vivamente, resolveram se aproximar. Os índios tinham visto a bordo um tripulante tão rechonchudo, este sim um padre de bico bom, amante das ambrosias lusitanas, que tão logo desembarcou foi assado ali mesmo sobre a areia. Dele só restou o crucifixo, cuja inscrição batizou a praia que é uma bênção aos prazeres terrenos.
FAROL DO CALCANHAR: Construído em um ponto tido como estratégico para referência de grandes embarcações e também aviões, este farol foi inaugurado em 1912, fica a 15 quilômetros de Gostoso, já na vizinha Touros. Depois de enfrentar os 298 degraus, a recompensa: uma das mais belas vistas do litoral potiguar. É considerado o maior farol do Brasil, com 68 metros, e o segundo da América Latina.

NÃO DEIXE DE CONHECER
- RAPADURA E TOURINHOS: duas praias merecem visitar em São Miguel do Gostoso. A tranquila praia da Rapadura deve seu nome à palhoça que vendia a iguaria extraída da seiva verde-dourada da cana-de-açúcar. Já a praia de Tourinhos é palco de um dos mais espetaculares crepúsculos brasileiros;
- REDUTO: Trata-se de um pequeno povoado de pescadores a caminho de Tourinhos, assim chamado por ter sido escolhido, na época da expulsão dos holandeses, como abrigo de um grupo que se recusou a deixar o Brasil;
- LAGOA DO SAL: Rodeada de altas dunas douradas, a lagoa se localiza em praia com boas ondas, ideais para os amantes do surfe; 
- FORTE DOS REIS MAGOS: Natal, se encontra o marco original em pedra de lioz. É tido como mármore de Lisboa, trazido pelos portugueses em 1501 e fincado junto ao cabo de São Roque, hoje praia do Marco. Em 1976, porém, essa pedra foi transferida para o forte. Os pescadores, que a consideravam milagrosa, tiravam nacos dela para fazer chá. É o monumento histórico mais antigo do Brasil.

Prontas para conhecer essa região linda do nosso Brasil? beijocas

9 comentários:

  1. Verinha, tô babando de vontade de conhecer Gostoso depois desse post! Beijossssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super lindo lá, garanto rsrssr, beijocas

      Excluir
  2. nossa que lugar lindo!!!
    o nome do meu filho é miguel e vivo chamando ele de miguel gostoso. Acho que é um sinal.

    Guardar dindin pra futuras férias rs
    Beijos amiga
    http://www.cacau-makeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKk super lindo esse lugar, leva o filhote rsrsrsrsrs, beijocas

      Excluir
  3. <Menina,
    Que lugar maravilhoso!! Perfeito!!
    Meio deserta, mas encantadora !! Bela dica de viagem, viu?

    Mil bjossss e boa quarta. Saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lugar é perfeito!!!!!!!!!!!! Recomendo!!!!!!!!!! beijocas

      Excluir
  4. Uau!!
    Preciso conhecer esse paraíso!!
    ^^

    Amei a dica Vê!!

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  5. Essa parte do meu RN é maravilhosa, linda, vale a pena conhecer mesmo!!! Bjs...

    http://www.perfumesdapam.com/

    ResponderExcluir

Olááá!!!! Fico muito feliz por seu comentário. Deixe o link do teu blog que irei dá uma visitinha por lá. Obrigada e um grande beijo.